topo-novoSlide thumbnail

Bacelar diz que saúde de Camaçari pede socorro

Compartilhe com amigos

O líder do Podemos na Bahia, deputado federal Bacelar, criticou o fechamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Nova Esperança, em Camaçari. O prefeito Elinaldo Araújo (DEM), não cumpriu o prometido, transferiu os funcionários da UPA para as Unidades Básicas de Saúde e de Saúde da Família e desativou a unidade. Bacelar avaliou a medida como incompetência administrativa e mesquinha. Para ele, o prefeito foi orientado pelos líderes partidários com o claro objetivo de provocar embaraços à politica estadual de saúde. “Não é justo fazer política colocando em jogo a vida da população. Essa é uma atitude inaceitável e irresponsável. Uma politicagem pífia”, pontuou.

A UPA de Nova Esperança era uma das maiores da Região Metropolitana de Salvador e respondia pelo atendimento de moradores de 15 bairros do município. O parlamentar ressaltou ainda que as emergências dos hospitais públicos irão ficar ainda mais sobrecarregadas. “O pronto socorro dos hospitais ficará ainda mais cheio e o atendimento comprometido. Pacientes com casos simples, que poderiam ser tratados na UPA, como uma gripe ou febre simples, terão que ir para emergência, enfrentar horas de espera. Isso quando não tiram a vez de pacientes graves. A saúde de Camaçari pede socorro”, finalizou.

Compartilhe com amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *