topo_banner_3Slide thumbnail

Bacelar participa de homenagem a professores e reafirma defesa da categoria

Compartilhe com amigos

O mês de outubro foi dedicado aos professores, que pedem a manutenção das regras previdenciárias para a categoria. Em Salvador, o Movimento pela Aposentadoria promoveu um encontro para homenagear educadores de escolas públicas e particulares, na última sexta-feira (27), na Boca do Rio. O evento teve a participação do deputado federal Bacelar (Podemos/BA), um dos padrinhos da causa. Já com mais de 65 mil apoiadores, o movimento continua visitando unidades de ensino com o objetivo de alertar para os prejuízos da Reforma da Previdência e ampliar o número de seguidores no site www.nossoprofessormerece.com.br.

 

“O governo Temer quer retomar a votação da reforma, com a inclusão da PEC 287. Vamos a Brasília entregar um abaixo-assinado ao presidente da Câmara para excluir da pauta as perdas da nossa categoria. Elevar em mais de dez anos o tempo para conquistarmos a aposentadoria integral, um direito já definido pela Constituição, seria um retrocesso”, declarou uma das coordenadoras do movimento na Bahia, Magda Guimarães. “É mais um golpe desse governo. É inadmissível aceitar que, por exemplo, o professor esteja ainda à frente de uma sala de aula aos 71 anos de idade. No ensino fundamental, o desgaste é muito maior. É necessário que todos esses aspectos sejam avaliados”, enfatizou o deputado Bacelar.

Durante o encontro, os docentes demonstraram preocupação com as incertezas e riscos da aprovação da reforma. “É terrível conviver com essa expectativa de elevação do tempo para aposentar. Hoje estou afastada da sala de aula por causa de problemas na coluna cervical, síndrome do túnel do carpo e ainda tratando da ansiedade”, desabafou a professora Daniele Gonzaga.

Compartilhe com amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *