topo-novoSlide thumbnail

Bacelar questiona “manobra” do governo na legalização dos jogos de azar

Compartilhe com amigos

“A quem interessa a legalização dos cassinos? A quem interessa a clandestinidade dos jogos de apostas? Quem está por trás disso?”. Os questionamentos foram feitos pelo deputado federal Bacelar (Podemos/BA), nesta terça-feira (27), na discussão sobre o futuro dos jogos de apostas no Brasil. Em pauta, a tentativa de votar, em conjunto com outros projetos, apenas a inclusão de dez cassinos-resorts na Lei Geral do Turismo. Na avaliação do parlamentar, a iniciativa é uma manobra do governo Temer para beneficiar empresas de capital estrangeiro. “Excluir as demais modalidades é excluir receita, é excluir emprego e renda. As sete modalidades de jogos, juntas, podem gerar 700 mil empregos, contra 20 mil que os 10 cassinos podem oferecer”, pontuou.

Bacelar lembrou que a própria Câmara instaurou a Comissão Especial do Marco Regulatório dos Jogos, que discutiu o tema durante um ano, ouviu os principais especialistas do setor e chegou a conclusão que o melhor para o país seria legalizar a demanda do mercado. “A medida, além de retirar o jogo da clandestinidade, também garante a arrecadação prevista nos estudos apresentados e a formalização e geração de milhares de empregos”, disse o deputado do Podemos.

Compartilhe com amigos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *