Por Bacelar para o Mais Região

Em nossas colunas anteriores, temos mencionado que o descaso histórico pela Educação é, sem sombra de dúvida, um dos maiores problemas do Brasil; até porque a Educação de qualidade, por si só, pode melhorar os índices de emprego (através da qualificação profissional), da saúde (criando bons hábitos de higiene), da violência e do social, na medida em que favorece a cidadania.

Merece destaque, portanto, o trabalho do Todos pela Educação (TPE), movimento da sociedade brasileira, apartidário e plural, fundado em 2006 e que visa engajar o poder público e a sociedade brasileira no compromisso pela efetivação do direito das crianças e jovens a uma Educação Básica de qualidade.

Como parte desse trabalho, o TPE lançou um programa estabelecendo 5 metas, 5 bandeiras e 5 atitudes capazes de revolucionar a Educação em nosso País. Acreditamos estar fazendo a nossa parte, ao divulgar as 5 metas estabelecidas, que são as seguintes:

1) Toda criança e jovem de 4 a 17 anos na escola – Até o ano de 2022, 98% das crianças e jovens entre 4 e 17 anos devem estar matriculados e frequentando a escola, ou ter concluído o Ensino Médio.

2) Toda criança plenamente alfabetizada até os 8 anos – Até 2010, 80% ou mais, e até 2022, 100% das crianças deverão apresentar as habilidades básicas de leitura, escrita e matemática até os 8 anos ou até o final do 2º ano do Ensino Fundamental.

3) Todo aluno com aprendizado adequado ao seu ano – Até 2022, 70% ou mais dos alunos terão aprendido o que é adequado para seu ano.

4) Todo jovem de 19 anos com Ensino Médio concluído – Até 2022, 95% ou mais dos jovens brasileiros de 16 anos deverão ter completado o Ensino Fundamental, e 90% ou mais dos jovens brasileiros de 19 anos deverão ter completado o Ensino Médio.

5) Investimento em Educação ampliado e bem gerido – Até 2010, mantendo-se até 2022, o investimento público em Educação Básica obrigatória deverá ser de 5% ou mais do Produto Interno Bruto (PIB).

Estas são as 5 metas estabelecidas pelo movimento Todos pela Educação para o ensino em nosso País, até 2022. Cumpri-las é um dever não apenas do Governo, mas de cada cidadão brasileiro; o desenvolvimento e o futuro do Brasil interessam diretamente a todos os brasileiros.

Convidamos você, nosso leitor ou nossa leitora, a refletir sobre estes números e imaginar um Brasil do futuro, em que estas metas sejam cumpridas à risca. Nas próximas colunas, abordaremos as 5 bandeiras e as 5 atitudes. Lembre-se: defender a Educação é um dever de todos nós. Porque todos queremos um Brasil melhor!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu