IMG_7823 (2)
Auditores da Receita Federal,

O líder do PTN na Câmara, deputado federal Bacelar (BA), se reuniu nesta terça-feira (4) com um grupo de auditores da Receita Federal, que pede apoio para a aprovação das PECs 443 e 102. As propostas estabelecem a equiparação dos salários das carreiras de advogado e defensor público, procurador, auditor fiscal e do trabalho e delegado.

O grupo defende que a remuneração dos auditores é desigual em relação a outras carreiras de Estado, que desempenham atividades semelhantes em complexidade, responsabilidade e poder decisório. Com a mudança, o salário de auditor fiscal será correspondente a 90% do salário de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), hoje fixado em
R$ 33 mil.

Bacelar é a favor da equiparação salarial para garantir o bom funcionamento do Estado.  “Vamos lutar pela valorização de carreiras que estejam sendo prejudicadas. É dever da Câmara assegurar as garantias remuneratórias que respeitem o grau das responsabilidades das atividades exercidas, o desenvolvimento das funções e a complexidade dos cargos”.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta