O presidente da Comissão Especial da PEC do Fundeb, deputado federal Bacelar (Podemos-BA), e o relator da proposta no Senado, Flávio Arns (Rede-PR), se reuniram na quarta-feira (3) para discutir mais celeridade na tramitação da matéria que dá caráter constitucional ao fundo que financia a educação, nos estados e municípios. O encontro durou mais de três horas e contou com a participação de outros integrantes da comissão e de consultores das casas legislativas.

Bacelar busca o consenso para que a PEC seja aprovada no início do segundo semestre. “O Fundeb precisa refletir o que a sociedade pensa. Todos nós queremos que o fundo seja permanente. Acredito que são poucos os pontos que precisam ser modificados. Arns é uma pessoa aberta ao diálogo, o que facilita bastante a construção do texto. Nossa primeira conversa foi excepcional”, avaliou o deputado do Podemos.

O senador Flávio Arns demostrou estar em sintonia com o que defende Bacelar. “O fim da vigência do Fundeb em 2020 é muito preocupante, porque pode gerar uma desorganização e perda de recursos para a educação. Por isso, é fundamental avançarmos com essa PEC, para que possamos garantir a permanência do fundo e aperfeiçoar o ensino no país”, declarou o relator.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu