O presidente do Podemos na Bahia, deputado federal Bacelar, se mostrou preocupado, nesta segunda-feira (20), data em que é celebrado o Dia da Consciência Negra, com a garantia de um futuro melhor para os jovens que vivem nas periferias. “Uma de minhas frentes de trabalho é cuidar para que não aconteça o extermínio de nossa juventude. O Brasil e a Bahia não podem ficar indiferentes a isso. É um problema nosso, de todos. Precisamos entender mais a temática para cobrar políticas públicas de proteção à vida de jovens pobres, que resistem às dificuldades históricas e precisam de mais espaço na sociedade”, protestou.

Bacelar destacou a importância da campanha de conscientização promovida pelo Sistema ONU Brasil e chamou a atenção para as estatísticas alarmantes da violência contra a juventude negra. “Não podemos nos conformar com a restrição da cidadania dos negros no Brasil, país majoritariamente mestiço. Precisamos reforçar ações contra a discriminação e a violência. No grupo de dez jovens mortos, entre 15 e 29 anos, sete são negros. São cinco vidas perdidas, a cada duas horas, que representam cinco futuros rasgados. Precisamos reagir”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu