aeroclubeO deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) comemorou o início da demolição do Shopping do Aeroclube, na Boca do Rio e os avanços que essa nova etapa representa para os moradores dos bairros da Boca do Rio, Patamares, Pituaçu, Armação e Imbuí. “Só de partida, o prefeito ACM Neto assegurou a criação de 5 mil empregos nessa fase e os maiores beneficiários são os moradores do entorno do shopping”, destacou Bacelar.

O Shopping do Aeroclube, que passou anos praticamente abandonado, aguardava apenas ser demolido para a construção do novo empreendimento e da área pública anexa. O Consórcio Parques Urbanos, responsável pelas obras, terá que dar a Salvador algumas melhorias exigidas pelo município antes de explorar a área comercialmente. A decisão passa pela construção do Parque Atlântico ao lado do Shopping Bosque da Orla. Embora de acesso livre para a população, este parque terá três entradas, controladas por seguranças, além de um anfiteatro, pista de skate, quadra de vôlei, fontes luminosas e dois mirantes.

Todo o projeto custará R$ 225 milhões e deve começar a ser executado no segundo semestre deste ano, após a conclusão da demolição do empreendimento antigo. A previsão para a conclusão do projeto é de dois anos. A prefeitura fez algumas exigências ao Consórcio como a que o Parque Atlântico seja entregue antes do empreendimento privado, pois considera que as obras da área pública sejam mais simples, além de existir a necessidade da comunidade do entorno em ser beneficiada com uma área de lazer de qualidade.

Além do parque, o Consórcio também deverá ser responsável pela construção de duas passarelas para pedestres, uma pista de carros de baixa velocidade, além de 21 pontos de ônibus na cidade. Além disso, as comunidades do entorno do shopping terão preferência na contratação da mão de obra tanto na fase de demolição quanto para dar suporte as lojas e administração do empreendimento. “A prefeitura se mostrou sensível as solicitações das comunidades do entorno do shopping e mais uma vez o prefeito ACM Neto mostra que sua prioridade é atender, primeiro a população, e depois, os interesses privados. E quem ganha com isso é a Boca do Rio e todo seu entorno que entra agora numa nova fase de desenvolvimento com a construção do novo shopping”, concluiu Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta