alba“Pense num absurdo, na Bahia tem precedente” já dizia o governador baiano Octávio Mangabeira. E o inimaginável ocorreu com deputados da base governista mostrando voto que deveria ser secreto, ou fotografando a cédula para depois apresentar o resultado a quem exigisse prova de fidelidade. Flashes foram vistos espocando na outrora indevassável cabine de votação. “Um verdadeiro absurdo o que se viu na sessão da noite/madrugada desta quinta-feira. Repudio veementemente a violação do voto secreto nesta Casa. Essa violação comprova o porquê da decadência e descrédito do legislativo que desemboca na crise de representatividade do Legislativo como um todo. Uma vergonha ver um deputado ter que expor seu voto para comprovar sua fidelidade ao governo. Já não basta mais sua palavra. Isso mostra o quanto o Legislativo está curvado ao Executivo. Uma vergonha o que assistimos ontem. Quem estava no plenário viu e comprovou a cena que só apequena o Legislativo baiano”, protestou o deputado estadual João Carlos Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta