O deputado federal Bacelar (Podemos) mostrou-se indignado ao tomar conhecimento da Medida Provisória assinada pelo presidente Jair Bolsonaro, nesta terça (2), excluindo qualquer citação sobre as pessoas LGBT+ das politicas e diretrizes para a promoção dos direitos humanos. “O presidente tenta com palavras mostrar que não é preconceituoso e que todos têm direitos iguais, no entanto, com ações e caneta na mão, revela que não se importa com o que pode acontecer à comunidade LGBT. Como excluí-los da proteção do Estado ou de serem também beneficiados por programas que promovam o seu desenvolvimento, enquanto cidadãos? Precisamos estar atentos para atitudes discriminatórias e de total desrespeito como essa. Algo que nos chama atenção para o ciclo que estamos começando a vivenciar. Oito secretarias nacionais não mencionam as pessoas LGBT+. Sem dúvida, teremos efeitos negativos, pois a MP da forma que foi publicada, está muito aberta às diversas interpretações. O que a comunidade precisa é exatamente o contrário, ações e políticas que inibam a LGBTfobia, por exemplo”, protestou Bacelar.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu