O deputado federal Bacelar (Podemos-BA) se manifestou em plenário, nesta quarta-feira (21), contra a medida provisória que prorroga de 5 para 14 anos o prazo para as concessionárias investirem em rodovias federais pedagiadas. Segundo o parlamentar, os pedágios são caros e as empresas não oferecem serviços de qualidade . ” É mais um capítulo do pacote de bondades de Temer para beneficiar os empresários. Tudo isso é culpa do governo, que não fez o papel de fiscalizar. A concessão exige benfeitorias, que foram completamente ignoradas. E quem paga sempre é o brasileiro”, disparou.
Bacelar denunciou que o texto esconde negociações que beneficiam outros setores, como, por exemplo, a que amplia a concessão de portos por mais 25 anos. “O que os portos tem a ver com as rodovias ? O texto tem muitos ‘jabutis’. Essa é mais uma mazela de Temer”.
O deputato ainda acusou o governo de prejudicar os trabalhadores e lesar os cofres públicos para atender aos interesses do capital. “Uma hora querem retirar a aposentadoria, outra retiram os direitos adquiridos na CLT. Enquanto isso, o rico fica cada vez mais rico e os milionários cada vez mais milionários, com as benesses oferecidas por esse presidente ilegítimo ”, provocou.
Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu