A posição do relator da reforma da Previdência, deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP), de não suavizar as regras de aposentadoria para os professores, foi criticada pelo deputado federal Bacelar (Podemos-BA), nesta quinta-feira (27). O parlamentar baiano saiu em defesa dos docentes e disse que o governo e aliados não valorizam a educação. “Eles não facilitam. A reforma é perversa, maldosa. O substitutivo apresentado também. O regime diferenciado dos professores é um direito conquistado e merecido. Não vou concordar que seja arrancado dessa forma”, disparou Bacelar.

O deputado do Podemos também questionou a regra de transição para os professores que estão prestes a se aposentar. “Pelo texto dessa reforma, uma professora, por exemplo, com 50 anos de idade e 24 anos e 11 meses de contribuição, terá que trabalhar por mais sete anos para ter direito a aposentadoria integral. É justo? Alguém que está a um mês de se aposentar ter que trabalhar por mais sete anos?”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu