Após a polêmica envolvendo o Desenbahia em que a agência de fomento negou um financiamento já acordado entre Prefeitura de Salvador e o Governo do Estado para a construção de uma obra viária em Cajazeiras que beneficiaria milhares de pessoas, o deputado João Carlos Bacelar descartou hoje (19) que a suspensão do empréstimo de R$ 40 milhões tenha sido por razões orçamentárias. A instituição alegou que para todo o ano de 2014 conta com R$ 30 milhões para atender todos os municípios.

“Como acreditar nessa falácia de falta de dinheiro se o governo liberou recentemente R$ 70 milhões de uma só vez para a prefeitura de Camaçari? Isso é uma mentira.” bradou Bacelar. “Fica evidente que o governo quer contemplar apenas seus aliados políticos e os prefeitos de sua legenda, contrariando interesses legítimos dos moradores da populosa região de Cajazeiras que reivindicam há anos a construção de uma nova via de ligação com a BR-324.”

O deputado vai além e diz que todo esse movimento próximo das eleições foi arquitetado em prol de políticos que trabalham pesado para deixar a Bahia do jeito que está. “Eles tentam enganar o povo com discursos prontos de que estão atentos aos problemas da maioria da população. Mas o povo está esperto e não vai se deixar enganar. O slogan deles deveria ser: “A Bahia de todos nós (do PT)”, alfinetou Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta