Membro da Comissão de Educação da Câmara, o deputado federal Bacelar (PTN-BA) criticou a aprovação da reforma do ensino médio no plenário da Casa, na última quarta-feira (7). Bacelar disse que o governo faz “marketing” com a reforma. “Encontrar soluções fáceis para problemas complexos é um grave erro. Vão bagunçar o ensino médio, porque esta reforma não será implementada nunca”, disparou.Para o deputado, o maior problema da educação está na alfabetização. “ Os alunos chegam ao ensino médio sem dominar as habilidades. Para o governo, o filho do trabalhador deve ser alfabetizado aos 8 anos, enquanto o filho do rico é alfabetizado aos 6 anos. Mas o filho do pobre chega ao nono ano sem conseguir ler e interpretar um texto. Isso faz com que o jovem não tenha o domínio do pensamento”, pontuou.

Bacelar chamou a atenção também para os problemas estruturais do ensino no país e a falta da valorização dos professores. “Apenas 5% das escolas públicas têm os requisitos necessários para uma bom funcionamento. Querem colocar os alunos em escolas de tempo integral que não oferecem condições mínimas nem merenda. E o salário e a formação dos professores? Querem passar por cima. Esta reforma é um desserviço ao Brasil. Antes, precisamos consertar a nossa base, mas este governo não leva a sério a educação”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu