Em defesa das bandeiras da democracia, transparência e participação, o Partido Trabalhista Nacional (PTN) anunciou ontem, em Brasília, que passará a se chamar “Podemos”, a partir do dia 10 de dezembro. O evento reuniu deputados, prefeitos e dirigentes partidários.

Com mais de 300 mil filiados, o PTN tem uma bancada de 13 deputados federais e conquistou o maior crescimento proporcional no número de prefeituras este ano, avançando 158%. O “Podemos” vai começar 2017 com 31 prefeitos.

Para o deputado federal Bacelar, uma das principais lideranças da legenda, o momento no país é favorável ao surgimento de uma nova política. “Passamos por um momento onde a sociedade e as novas tecnologias exigem um novo modelo político, mais aberto, transparente e participativo, onde as pessoas organizadas em causas, juntas, ajudem a decidir o futuro do país. Vamos aderir a um sistema de democracia direta, onde todos os cidadãos possam participar diretamente do processo de tomada de decisões”, declarou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu