Em continuidade ao trabalho na defesa dos direitos humanos, o deputado federal Bacelar (Podemos) foi o primeiro candidato à reeleição, pela Bahia, a assinar a Plataforma Eleições 2018 – Promoção da Cidadania LGBTI+. O documento reúne as questões prioritárias para a garantia dos direitos e a consolidação da cidadania plena da população brasileira de lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transexuais e intersexuais, além de ser uma forma de fazer com que os candidatos firmem  compromisso com o segmento.
“A população LGBTI precisa de mais atenção e de uma legislação eficaz. Devemos punir criminalmente quem pratica  discursos de ódio, de intolerância, e a violência, seja ela física ou verbal. A homofobia precisa ser combatida, discutida, assim como o racismo. Não podemos negligenciar essa parcela da população”, defendeu Bacelar.
O Brasil é o país que mais mata homossexuais no mundo, segundo o Grupo Gay da Bahia. Só no primeiro trimestre deste ano, 153 pessoas foram assassinadas vítimas de preconceito e a cada 19 horas alguém é agredido por homofobia.
“Nosso país é extremamente perigoso para o segmento gay. As instituições precisam se unir. O Legislativo para legislar, o Executivo com verbas e pautas sociais e o Judiciário nos tribunais”, finalizou o deputado do Podemos.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu