Bacelar exige explicações de ministro de Minas e Energia sobre fechamento de campos da Petrobrás

Indignado com o fechamento de campos terrestres na Bahia e com a suspensão das atividades marítimas em quatro estados do Nordeste, realizado pela Petrobrás na última sexta-feira (24), o deputado Bacelar (Podemos-BA) apresentou, esta semana, à mesa diretora da Câmara um requerimento de informação pedindo esclarecimentos ao ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque.

Bacelar quer saber, entre outras coisas, os motivos que levaram a diretoria da estatal a tomar essa decisão já que Petrobrás é uma das empresas mais importantes para economia do baiana e que a perda de arrecadação vai contribuir para acirrar a crise econômica do país em plena pandemia da Covid-19. “Infelizmente, mais uma vez, a atual gestão da empresa se engana e vai na contramão da história, acabando por contribuir fortemente com a redução de investimentos e com o freio da economia, já que com isso diminui a contratação de bens, de serviços, de equipamentos e a geração de empregos”.

O parlamentar baiano diz ainda que o fechamento das unidades aconteceu sem cumprir o aviso prévio de, pelo menos trinta dias, como determina o contrato com a empresa terceirizada. “Recebi a denúncia de que hibernaram alguns campos com menos de 24 horas de aviso. Um absurdo! Tinha que avisar a empresa antes. Os funcionários precisavam se preparar. Em plena crise, ficar desempregado da noite para o dia é complicado. O ministro tem que explicar para os 19 mil trabalhadores diretos e indiretos da estatal o que está acontecendo” concluiu.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu