“Muita propaganda, grandes gastos e até agora nenhum retorno, talvez sim, muitos prejuízos para a Bahia”. Esse foi o desabafo indignado do deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) ao se referir à possível desistência da montadora chinesa JAC Motors de se instalar no Pólo Industrial de Camaçari, segundo reportagem nacional publicada ontem (31).

Bacelar lembra a divulgação pelo Governo do Estado sobre a implantação da JAC. “Certamente milhares de reais dos cofres públicos alardearam a vinda da montadora. Até um carro foi enterrado durante o lançamento da pedra fundamental em 2012. O governador chegou a dizer que no final desse ano seria produzido o primeiro carro na Bahia mas o que sabemos é  que existe fortes indícios da montadora ir para o Rio de Janeiro”, brada. “O governo através do secretário da Indústria, Comércio e Mineração admitiu que existem problemas de financiamento e que o projeto foi adiado em um ano. Mas será que é só isso mesmo?”, questiona.

De acordo com a matéria o Estado da Bahia abriu mão de R$ 15 milhões em impostos além de oferecer inúmeros incentivos fiscais à montadora. “Que negociação é essa que após tanto alarde tudo volta à estaca zero? Criou-se uma expectativa na região de Camaçari e em todo o estado após o anúncio de que seriam abertas 3.500 vagas de emprego e gerados outros 10 mil postos indiretos. O que fazer com o sentimento da população e como explicar custos tão altos de propaganda para anunciar algo que não se concretiza, não se sustenta?” pergunta Bacelar, para em seguida complementar: “ou isso é fruto de mais um descompromisso do estado com seus cidadãos que já começam a entender que essa é a Bahia da propaganda?”

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta