Acompanhado do padre Ronaldo Magalhães, o deputado Bacelar (Podemos/BA) visitou a igreja de Santo Antônio Além do Carmo no último sábado (27). Na avaliação do parlamentar, as instalações estão perigosas e colocam em risco a vida dos fiéis.  

Preocupado, ele garantiu que vai intervir, o quanto antes, junto aos governos federal e estadual e apresentar medidas que agilizem o processo de restauração da igreja.  

“Além da importância arquitetônica, está em um dos mais tradicionais bairros de Salvador. É importante para a cultura e para o turismo religioso da Bahia” afirmou Bacelar.  

O parlamentar lembrou que foi na igreja de Santo Antônio Além do Carmo que a Santa Dulce dos Pobres, a primeira santa brasileira, foi batizada e, em 1922, fez a primeira comunhão.  

O local, que fica no Centro Histórico de Salvador, foi reformado pela última vez em 1905 e, desde então, são realizados apenas pequenos reparos. A Paróquia não é tombada pelo governo estadual, somente o Forte Santo Antônio Além do Carmo. Por isso, o Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (Ipac) não se responsabiliza pela estrutura do lugar. 

 A área também não possui tombamento individual pelo Iphan, mas faz parte do Conjunto Arquitetônico, Paisagístico e Urbanístico do Centro Histórico de Salvador, tombado em 1984 pelo mesmo. O registro, no entanto, não garantiu o financiamento da reforma.   

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta