Bacelar, prefeitos e Sindipetro discutem fechamento de campos da Petrobras no litoral norte

O deputado federal Bacelar ( Podemos) se reuniu, nesta segunda-feira (04), por videoconferência, com prefeitos de municípios do litoral norte e representantes do Sindicato dos Petroleiros da Bahia (Sindipetro-BA). Em pauta, o fechamento de campos da Petrobras no estado, que ameaça 19 mil empregos diretos e indiretos.

Segundo Bacelar, 350 trabalhadores já foram demitidos e a expectativa é que esse número aumente nos próximos dias. “Estamos nos mobilizando para barrar as demissões, mas os números avançam a cada dia. Enquanto o governo federal cobra da iniciativa privada medidas para manter o emprego e estabilizar a economia, a Petrobras demite. O que será dessas famílias?”, questionou.

O parlamentar do Podemos disse ainda que a suspensão das atividades da estatal compromete a economia local. “ Com a pandemia, o comércio e as fábricas da região fecharam. Agora, o governo Bolsonaro quer fazer essa maldade com os baianos, fechando também a Petrobras. Vamos tomar as medidas cabíveis e lutar para que os campos continuem funcionando”.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu