O deputado federal Bacelar (Podemos) protestou, nesta segunda-feira (21), contra a possibilidade de redução nos serviços do Hospital da Chesf, no município baiano de Paulo Afonso, a partir de março. A cidade tem cerca de 120 mil habitantes e faz divisa com os estados de Sergipe e Alagoas, localização que gera um grande movimento de pacientes do SUS no hospital.

Segundo Bacelar, a Prefeitura Municipal de Paulo Afonso acumula dívidas junto à Chesf, responsável pela gestão corporativa da unidade de saúde, o que tem ameaçado a manutenção do atendimento. “O valor devido é grande. Esse recurso foi repassado pelo Ministério da Saúde, mas não chegou à Chesf. Soube que o atendimento 24 horas será suspenso e a urgência obstétrica vai funcionar pela metade. No final do ano que vem, a Chesf deve se retirar da administração do hospital, e a prefeitura terá que tomar providências urgentes para solucionar o problema. Não podemos permitir que a população de baixa renda seja penalizada com a falta de serviços médicos”.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu