As primeiras declarações do novo ministro da Educação, Ricardo Vélez Rodríguez, não foram bem recebidas pelo deputado federal Bacelar (Podemos-BA). O ministro disse que a extinção da secretaria sobre diversidade teve o objetivo de acabar com “algo que estava muito limitado e manipulado ideologicamente”.
Para Bacelar, Vélez deveria se preocupar com os desafios da educação brasileira. “Ao eleger o combate à suposta doutrinação nas escolas como principal bandeira, o ministro cria um problema que não existe e tira o foco do combate à crise na aprendizagem. Esse é, sem dúvida, o diagnóstico fundamental e urgente que deve ser trabalhado para reverter os baixos índices de rendimento dos nossos estudantes”, avalia o parlamentar.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu