O fechamento das unidades da Fábrica de Fertilizantes Nitrogenados (Fafen), localizadas no Polo Industrial de Camaçari (BA) e no município de Laranjeiras (SE), continua sendo motivo de protestos do deputado federal Bacelar (Podemos-BA), na Câmara.

Nesta terça-feira (27), o parlamentar chamou a medida de “decisão perversa do governo Temer contra o Nordeste” e ressaltou o trabalho do governador da Bahia, Rui Costa, pela manutenção das unidades. “Estamos sob a liderança de um governador determinado. Rui luta para evitar que dois mil trabalhadores nordestinos fiquem desempregados. Tenho certeza que os companheiros das bancadas baiana e sergipana não vão deixar isso acontecer”.

Segundo Bacelar, a medida vai impactar 15 indústrias e classificou como “simplista” a solução para os prejuízos causados pela Fafen. “Até a privatização nós aceitamos, mas colocar em risco o Polo de Camaçari, é inaceitável. A fábrica produz ureia, amônia e fertilizantes, componentes essenciais para a agricultura brasileira. Como ficará o agronegócio? Ficará vendido, refém de multinacionais?”, questionou o deputado do Podemos.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu