bacelar fundef bolsonaro

O candidato a prefeito de Salvador pelo Podemos, Bacelar, repudiou a decisão judicial sobre o “caso Mariana Ferrer”. Nas redes sociais o podenista disse que inocentar um criminoso com o argumento de “estupro culposo” é uma ameaça à segurança de todas as mulheres. “Se o termo se consolidar, vai abrir precedentes para extinguir as condenações por estupro no país. A justiça serve de acolhimento e proteção da população. É inaceitável qualquer outra postura que não seja esta”, disparou.

O julgamento teve sentença inédita, com uma classificação de que o ato do empresário André de Camargo Aranha contra a jovem foi “estupro culposo”, crime que não está previsto na lei brasileira, ou seja, “não foi intencional”.

Além disso, viralizou na internet um vídeo da audiência de instrução, onde Cláudio Gastão da Rosa Filho, advogado do acusado, agrediu verbalmente e humilhou a vítima perante a corte. Mariana chegou a implorar por respeito, mas o juiz sequer se manifestou durante as agressões.

“Uma série de violências foram praticadas contra Mariana Ferrer e atingem todas as mulheres. Além do estupro, esta jovem mulher foi violentada pelas instituições, todos os dias, e no fim assistiu ao seu estuprador ser inocentado com uma sentença bizarra. #NãoExisteEstuproCulposo”, disse.

Bacelar ressalta que a política de enfrentamento e combate à violência contra mulher, em Salvador, é ineficiente. Em seu plano de governo o podenista apresenta a criação e ampliação de casas de acolhimento às mulheres vítimas de violência, incentivo à denúncia, atendimento psicológico, de assistência social e a construção do debate. “É preciso ampliar e criar núcleos de apoio e incentivar projetos socioeducativos de organizações da sociedade civil de Salvador”, afirmou.
A intenção, segundo ele, é reinserir as vítimas no mercado de trabalho, investir junto com a sociedade civil, em cursos de empreendedorismo, beleza, manicure para que essas mulheres saiam da dependência financeira do agressor.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta