A Comissão Especial da PEC do Fundeb, presidida pelo deputado federal Bacelar (Podemos-BA), se reuniu nesta terça-feira (11) para ouvir representantes dos conselhos nacional, estaduais e municipais de educação. Eles defendem que o fundo que financia o ensino, nos estados e municípios, seja permanente e garanta oportunidades iguais a todos os alunos, além do aumento na participação da União, que hoje contribuiu com 10% dos recursos.

Bacelar disse que é necessário reforçar a fiscalização do Fundeb, para melhorar os resultados na educação. “Os conselhos devem ser mais ativos e participativos. Precisamos também responsabilizar os gestores que não cumprirem as metas de qualidade no ensino”, propôs o deputado.

O presidente da comissão pretende encerrar o ciclo de audiências até a última semana deste mês e trabalhar de forma integrada com o Senado. “Nosso tempo é curto, já que o prazo do Fundeb termina em 2020. Queremos um texto consistente, que contemple estados, municípios e, principalmente, a educação brasileira. Não podemos deixar bechas”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu