Primeira sexta-feira do mês e tradicionalmente os baianos sobem a Colina Sagrada para pedir proteção ao Nosso Senhor do Bonfim. E como não podia ser diferente, nesta sexta-feira, a primeira desde a abertura da campanha eleitoral, muitos políticos foram pedir proteção divina para enfrentar a difícil caminhada até a eleição, em outubro.

O candidato ao governo da Bahia pelas Oposições Paulo Souto, seu vice Joaci Góes, o candidato ao Senado, Geddel Vieira Lima o deputado estadual e candidato a federal João Carlos Bacelar (PTN) e o estadual Bruno Reis (PMDB) subiram a Colina Sagrada e foram pedir proteção. Juntaram-se aos demais fiéis, assistiram a missa, rezaram e fizeram seus pedidos.

Segundo o governador Paulo Souto, quem é baiano sabe o que significa a primeira sexta-feira de julho. “É mais do que um dia para pedir bênçãos: é dia de vestir branco com a pureza de quem sabe reconhecer. E como todo bom baiano, fui ao Bonfim para pedir proteção para essa nova jornada que se inicia e agradecer por tudo”, disse.

Já João Carlos Bacelar enfatizou que ir ao Bonfim é mais que uma tradição. “É a síntese da fé dos baianos. Quem é baiano, ama Senhor do Bonfim e tudo que ele representa”, disse. Lembrando parte do hino, lembrou que “’Desta Sagrada Colina, mansão da Misericórdia. Dai-nos a Graça Divina, da justiça e da concórdia’. É isso que todo bom baiano que: Justiça e misericórdia”, encerrou Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta