O deputado federal Bacelar (Podemos-BA) e mais de 70 parlamentares de 12 partidos elogiaram a decisão do Supremo Tribunal Federal ( STF), que suspendeu, na tarde desta quarta-feira (7), a transferência do ex-presidente Lula, da Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, para um presídio paulista. Antes, eles se reuniram com o presidente do STF, ministro Dias Toffoli, para pedir pela segurança de Lula.

Bacelar classificou a tentativa de transferência como perseguição política. “O Departamento de Execuções Penais de São Paulo deferiu o pedido na mesma data em que se determinou a transferência. O juiz que deferiu o pedido foi indicado pelo ministro da Justiça. Tudo aconteceu muito rápido, em uma velocidade peculiar”, alfinetou.

Mais cedo, o deputado do Podemos se pronunciou na tribuna da Câmara sobre os direitos dos ex-chefes de Estado. “O Judiciário precisa ser um poder imparcial, equilibrado, que garanta a segurança e integridade física de Lula. Estamos vivendo um momento delicado na política. Não precisamos de alguém que coloque mais gasolina, onde já está pegando fogo”.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu