O líder do PTN na Câmara, deputado Bacelar, foi indicado por seu partido para compor o colegiado que analisará o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Ele é o segundo baiano a tomar parte do processo, uma vez que Arthur Maia, do Solidariedade, também fará parte do colegiado. Bacelar é relator da Comissão da Lei de Responsabilidade Educacional e membro da Comissão de Constituição e Justiça. O parlamentar disse que antes de formular o seu voto vai ouvir o governador Rui Costa (PT), os deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores do PTN, na Bahia. ” É um momento delicado para o país e que exige cautela e racionalidade. No atual contexto, parafraseando Spinoza, eu julgo não ter o direito ao riso, tampouco às lágrimas; apenas a conhecer melhor a situação e agir com toda a racionalidade”, declarou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu