JCB SITE

A Câmara dos Deputados aprovou ontem (30) o reajuste no salário do defensor público-geral da União, que passará de R$ 31 mil para R$ 33,7 mil, a partir de 2016. O novo salário será equivalente ao do procurador-geral da República. Atualmente, o país conta com cerca de 550 defensores federais e 2.220 estagiários.

 

O líder do PTN na Câmara, deputado Bacelar (BA), votou a favor da aprovação da matéria. ” É a Defensoria Pública que permite que a função jurisdicional do Estado chegue aos mais necessitados. Ela atua nos quatro ramos da Justiça: Comum, do Trabalho, Eleitoral e Militar; e seus salários não poderiam ser menores que os pagos na magistratura e no Ministério Público, onde a atuação se dá em apenas um ramo. Com a aprovação desse projeto, corrigimos as distorções”, declarou.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta