Deputado Bacelar durante a reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça)
Deputado Bacelar durante a reunião da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça)

O líder do PTN na Câmara, deputado federal Bacelar (BA), votou contra a proposta que inclui os agentes de trânsito entre as categorias profissionais que podem portar arma de fogo em serviço. O projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), na manhã desta quarta-feira (26).

Ao justificar o voto, Bacelar disse que colocar arsenais à disposição das prefeituras pode aumentar a violência. “Temos que chamar a atenção do governo para políticas públicas que reduzam a violência. Acredito que permitir porte de arma para estes profissionais pode aumentar o número de mortes. Desarmar a população é um elemento fundamental para a preservação da vida e dos direitos humanos”, afirmou.

Levantamento feito pelo Mapa da Violência mostrou que, em 2012, o número de assassinatos por armas de foi o mais alto desde 1980. Ao todo, 42.416 mil pessoas foram mortas por disparos, o equivalente a 116 por dia.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta