Movimentada essa semana para o Bahia e especialmente para nossa torcida atuante, antenada e quase sempre indignada. É mais do que normal, é saudável até, que os torcedores que não arredam pé do estádio se sintam capacitados a exercerem um direito (vamos dizer que adquirido)  para participar das grandes decisões do clube.

Aí não tem como segurar a chateação dos 160 tricolores que foram até a sede de praia na Boca do Rio tentar ser ouvidos ou encontrar uma alternativa para expressar sua opinião sobre eleições diretas, Conselho Deliberativo, etc.

A diretoria mandou que a imprensa se retirasse da assembléia para que as decisões fossem anunciadas só depois de terminada a reunião; E mais uma vez os torcedores ficaram de fora…

Agora com a criação desse ‘filtro’ onde apenas vão disputar a presidência dois candidatos escolhidos previamente pelo Conselho mantido pela atual gestão, estabeleceu-se mais um imbróglio.

A presença do atual grupo à frente do Esquadrão já completou uma década. Por isso os torcedores querem mudança de perfil no comando, transformações, ânimo novo, disposição diferente… Tem gente que com tanta dificuldade para participar de forma mais próxima das decisões está desistindo, jogando a toalha tricolor.

Êpaaa. Nada disso. Precisamos retomar a atenção, a vontade de participar, de estar próximo do que Angioni planeja, de quem os olheiros que rondam o tricolor indicam para o Fazendão. Tem ainda as sugestões para resolver de que forma os recursos que desembarcam no porquinho tricolor podem ser utilizados e, claro, da forma mais produtiva possível.

Sei, sei, sim. Muitas são as questões que circulam pela nossa cabeça nesse momento. Mas, ficaram algumas definições. Marcelo Guimarães Filho estará no comando do tricolor até o final de 2014, depois da Copa do Mundo. E na próxima eleição, o torcedor sócio vai poder participar com voto.

Vamos apostar que haja mais empenho, mais dedicação e rapidez em decisões certeiras para revitalizar o Bahia. Que tudo que seja definido nas assembléias a portas fechadas, entre a cartolagem secreta, seja transformado em pontos positivos para o Esquadrão recuperar a boa condição de antes, com dívidas pagas, investimentos seguros, centro de treinamento de primeira, contratações que formem um elenco capacitado para disputar de forma satisfatória mais de um campeonato simultaneamente garantindo bons resultados e, de quebra, o sorriso maroto de toda nossa torcida.

Vamos lá, Bahêêa.  Pra frente é que se anda….

Artigo publicado no bahiacomorgulho.com/SITE

 

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta