Grandes filas, sistema informatizado obsoleto e que cai todo minuto, falta de vagas, informações desencontradas. Esse vem sendo o calvário que as famílias dos estudantes da rede pública estadual tem enfrentado nas escolas a fim de matricularem seus filhos. “Na Bahia, Educação do filho do trabalhador não é prioridade”, disse hoje o deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN). “O que vemos em todo o Estado é o retrato do descaso do governo Jaques Wagner com a Educação”, completou.
Em Camaçari, segundo relatos de Bacelar, as famílias penam à procura de vagas. Em Luís Eduardo Magalhães, pais e mães estão nas filas desde quinta-feira passada para ver se conseguem uma vaga para os filhos. “A matrícula começou esta segunda-feira em um ano letivo curto devido aos diversos feriados e à Copa do Mundo. Os alunos terminaram o ano letivo do ano passado  há pouco mais de 15 dias e sequer iniciaram o ano letivo de 2014. E as famílias ainda não encontram vagas nas escolas. Esse é escolao retrato do descaso da educação pública estadual na Bahia”, lamentou Bacelar
Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email