O capitão do time mudou (agora é Fahel), o mando de campo está mudando (a nova Fonte está na área), a equipe ficou 40 dias sem jogar e ao retornar aos gramados – para infelicidade da galera quase não mudou de perfil. O Esquadrão precisa mudar a aura, recuperar a alma aguerrida que o faz gigante e ir à luta.

O Campeonato Baiano já começou. Não há espaço pra conversa fiada, para permissividades que possam oferecer chances à arbitragem de prejudicar nosso time.

O papo agora é pra pirão. É na vera. Não há tempo pra recuos, pra experimentos amadores. Vale tentar estratégias profissionais que incluam treinamentos intensivos em campo e fora dele com gente que saiba injetar ânimo. Vamos reforçar Jorginho no ataque e na descoberta de medidas que venham a surtir efeito.

O que é preciso para melhorar o ritmo, acelerar o passo e garantir melhor performance no Baianão? Afinal, somos o campeão 2012 após um longo e desmotivador jejum. Se nossa quaresma de jogos acabou, vamos correr para mostrar que podemos ser os favoritos em 2013.

Na estréia contra o Vitória da Conquista, Marcelo Lomba – que completou 100 jogos à frente do arco tricolor – foi o grande destaque com defesas sensacionais e nosso ataque mostrou que precisa ter os erros corrigidos para não serem repetidos.

Claro que nos causou alegria a investida de Obina que, por pouco, não marcou de bicicleta. Seria um golaço. Mas não queremos conjugar o verbo dessa forma e sim gritar que foi um gol inesquecível. Bem,  vamos esperar isso no próximo jogo. A esperança é a última que morre.

O que nos deu um pouco de tranquilidade foi ver a providencial presença do guerreiro Fahel marcar o seu  15º gol com a camisa do Bahia, o 12º de cabeça. Uma jogada ensaiada que é sucesso e que precisamos pulverizar pelos quatro cantos do campo para confundir os adversários.

Vamos lá, não há tempo a perder. Que nossos novos jogadores ganhem rapidamente uma melhor silhueta, deixem de exibir pneuzinhos,  acertem o pé, envenenem a pontaria e……fogo. Vamos nos encher de força, de pensamento positivo e entender de uma vez por todas que temos torcida o bastante – para vencer qualquer parada.

É isso aí, pra cima do Juazeirense. Avante, Bahêêaaaaaaa!!

Fonte: Site Bahia Com Orgulho

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta