O presidente da Comissão de Turismo, deputado Bacelar (Podemos/BA), esteve em Canela (RS) na sexta-feira (22) para abertura oficial do 34° Sonho de Natal de Canela. Em clima de nostalgia e apoteose, o parlamentar foi recebido pelo colega Bibo Nunes (PSL/RS) e pelo secretário de turismo e cultura, Ângelo Sanches, que também é presidente da Associação Nacional de Secretários e Dirigentes Municipais de Turismo (Anseditur).

A solenidade celebrou também a revitalização do Teatro Municipal de Canela, o Teatrão. O espaço estava fechado e passou por reforma completa para receber os espetáculos que acontecem até o dia 9 de janeiro de 2022.  

O evento, que é um dos natais mais populares e gratuitos do país, também aquece a economia. A previsão é que, nos 80 dias, a arrecadação aumente em 20%. “É uma festa linda, muito bem pensada e como é gratuita, as pessoas não pagam nada para assistir aos espetáculos e às atrações, mas apreciam a gastronomia e os comércios locais. Isso interfere positivamente na economia.” completou Bacelar.

“O Sonho de Natal de Canela faz parte da construção artística e cultural da cidade. Desde 2017, a administração municipal criou o tema “Canela, um palco a céu aberto” para que as pessoas possam usufruir da cidade como um berço cultural, explorando suas identidades e compartilhando momentos inesquecíveis” afirmou Bibo Nunes. 

Outro ponto que deve ser levado em consideração pelos viajantes é que o destino é considerado um dos mais seguros. O município foi contemplado com o selo Safe Travels, criado pela ONG inglesa WTTC, Word Travel & Tourism Council, que reconhece empresas privadas e lugares que promovem boas práticas de prevenção no combate ao coronavírus. 

Ângelo Sanches explicou que atendendo ao Decreto Estadual 56.120/2021, será exigido o uso de máscaras e a apresentação do comprovante de vacinação. Valerá como comprovante o certificado emitido pelo aplicativo Conecte SUS, por caderneta ou cartão de vacinação emitido pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) ou outro órgão governamental.

A apresentação do comprovante de imunização seguirá um cronograma de idade, de acordo com o avanço da campanha de vacinação no Estado.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta