A comissão de Turismo da Câmara se reuniu nesta quarta-feira (10) para discutir as emendas ao orçamento 2022. O presidente do colegiado, deputado Bacelar (Podemos/BA), e o deputado Otavio Leite (PSDB/RJ) indicaram R$ 4 milhões para a Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação e Turismo (Anptur).  

O objetivo dos parlamentares é subsidiar as pesquisas cientificas que vão auxiliar nas ações para retomada do turismo no Brasil, com a geração de dados consistentes, pautados em metodologias sólidas e com a capacidade de dar retornos importantes à sociedade. “Nunca, na história desta comissão, destinamos emendas para pesquisa. A área acadêmica precisa ser valorizada. Afinal, os dados são essenciais ao trade turístico” disse Otavio Leite.  

Bacelar complementou ao afirmar que a retomada do turismo no Brasil, no período pós-pandemia, precisa ser elaborada, pensada e pautada em informações concretas e fundamentadas. Para ele, ainda faltam políticas públicas de investimentos do Governo Federal no campo científico.  

“Não temos muitos estudos sobre o tema. É importante que o discurso e os dados estejam alinhados com o trade.  O negacionismo científico, da diversidade e do obscurantismo precisam ser eliminados. O turismo se sustenta na diversidade, na garantia das liberdades individuais sejam elas de credo, etnia, cor e gênero e no uso e preservação do patrimônio cultural e a ambiental.” afirmou Bacelar.  

Além de apostar nas pesquisas cientificas, a CTur destinou ainda emendas para qualificação e certificação do turismo, apoio de infraestrutura turística, promoção e marketing dos destinos nacionais, e uma emenda de remanejamento ao PLOA 2022.  

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta