Foto em Destaque CPI conteudo

Foi instalada na tarde desta quinta-feira (26), na Câmara dos Deputados, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que vai investigar a violência contra jovens negros e pobres. A CPI será presidida pelo autor do requerimento, deputado federal Reginaldo Lopes (PT-MG). Segundo dados da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, o homicídio é a principal causa de morte entre jovens de 15 a 29 anos, no país, a maioria negros e moradores de periferias.

O líder do PTN, deputado federal Bacelar (BA), integra a CPI e chama a atenção para um levantamento feito pela Organização das Nações Unidas (ONU), revelando que, nos últimos cinco anos, ocorreram no Brasil mais mortes do que em 12 regiões do mundo, como Síria, Afeganistão e Faixa de Gaza, entre outras. “O que mantém a violência alta é o genocídio de uma população negra. 80% dos homicídios são de jovens negros. Nós chegamos a ter em bairros do Rio de Janeiro e São Paulo, uma média de três homicídios de jovens brancos, por grupos de 100 mil. Não quero que haja homicídios de jovens brancos, mas esses números mostram o extermínio da população negra brasileira”, ressaltou. Segundo Bacelar, nesse quinquênio, a polícia brasileira matou 11.197 pessoas; em trinta anos, a polícia americana matou 11.090.  “Nós precisávamos dessa CPI. Este aqui é o ambiente de maior importância para o nosso país, porque não estamos cuidando apenas das causas. Sabemos quais são os caminhos para evitar tantas mortes ”, completou.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta