Bacelar

A discussão sobre a legalização dos jogos no Brasil segue em pauta neste começo de ano. Por isso, o deputado federal João Carlos Bacelar Batista (Podemos-BA) e coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Aprovação do Marco Regulatório dos Jogos procurou chamar a atenção de seus colegas nesta quarta-feira, 12 de fevereiro.

De acordo com Bacelar, existe o perigo do estabelecimento de um monopólio de cassino no território nacional com a legalização somente dessa categoria de jogos de azar. Para o deputado federal, partes da Câmara dos Deputados e veículos de comunicação estão se mobilizando para a liberação de cassinos-resort integrados no Brasil.

Esses empreendimentos seriam geridos por corporações oriundas dos Estados Unidos. Ele declarou que está notando que a articulação se limita na aprovação de funcionamento de somente três cassinos. O objetivo dessa ação seria oportunizar o monopólio do jogo no país para investidores norte-americanos e deixar o mercado não regulado para células criminosas. “Seria um absurdo. Não podemos deixar que isso aconteça”, declarou.

Perdas

O coordenador da Frente Parlamentar Mista pela Aprovação do Marco Regulatório dos Jogos ainda apontou pesquisas que revelam a movimentação de 60 bilhões de reais por ano, no Brasil, abrangendo jogo do bicho, caça-níqueis, cassinos e apostas online. Sendo assim, os órgãos governamentais deixam de receber cerca de 20 bilhões de reais em taxas e tributos.

A legalização do jogo no Brasil acabaria com a ilegalidade, o que asseguraria o aumento da arrecadação e a criação de milhares de postos de trabalho. Segundo Bacelar, o país está perdendo dinheiro que poderia estar sendo utilizado para projetos nas áreas de saúde, educação e segurança.

“Além dos tributos, a legalização pode gerar mais vagas de trabalho e incrementar o turismo. Não podemos fechar os olhos para isso”, finalizou o deputado federal pelo estado da Bahia.

(Publicado Igaming.Brazil)

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu