Por João Carlos Bacelar

Desde sempre é a educação em tempo integral uma alternativa das mais eficientes para a formação de crianças e adolescentes que estão vivenciando a constituição do caráter, as percepções mais aguçadas, o partilhamento intenso de emoções. Exatamente onde a formação completa do aluno encontra espaço. Além do cognitivo, os jovens vão desenvolver o lado físico, o espirito de cidadania, o gosto pela arte e a ética através de outras linguagens.

O estudante permanece mais tempo na escola e se desenvolve integralmente porque o currículo extrapola a programação comum e estamos conseguindo, aos poucos, concretizar esse conceito na rede municipal. O Programa Mais Educação do governo federal busca ampliar a jornada rotineira e já alcançamos mais de 25 mil alunos com a expectativa de que em 2013 consigamos a adesão de mais escolas, o que pode significar mais 10 mil alunos beneficiados.

Nesse mês de fevereiro quando será iniciado o ano letivo na rede municipal serão inauguradas cinco escolas, três delas totalmente adaptadas à educação em tempo integral. Lagoa do Abaeté, Vale das Pedrinhas e Pituaçu. As novas unidades vão contar com padrão projetado para as atividades com refeitório, quadra poliesportiva, salas temáticas e elevador para alunos portadores de necessidades especiais.

Uma outra escola, a Zulmira Torres, localizada no Beco da Cultura no Nordeste de Amaralina foi adaptada para receber os alunos em tempo integral. É a consolidação de uma política direcionada para o ensino mais amplo oferecendo um aprendizado diversificado além de colaborar decisivamente para amenizar as preocupações de pais aflitos e da sociedade com o crescimento da violência e do aliciamento de nossos jovens para o mundo do crime.

Alcançamos desse modo uma segurança maior para as crianças e adolescentes inseridas no ambiente de vulnerabilidade social. Sabemos que ainda há um longo caminho a percorrer. É preciso alcançarmos um número cada vez maior desses alunos entre 6 e 14 anos com programação atraente capaz de seduzi-los e mantê-los mais tempo na escola de forma prazerosa.

Entendemos, como o célebre educador baiano Anísio Teixeira, que o ser humano é ser integral em todas as dimensões e precisamos apostar nisso aliando o educacional, o emocional, o afetivo, e o espiritual para a formação completa que tenha como consequência a melhoria nas avaliações de desempenho escolar. As múltiplas possibilidades educativas que aos poucos conquistamos vão certamente colaborar para que consigamos uma educação em tempo integral com padrão de qualidade, rica em vivências e experiências inovadoras e com programação sustentável ao longo do tempo.

 

Fonte: politicalivre.com.br

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta