“Salas de aula lotadas, horas e horas em pé, violência nas escolas, desgastes pelo uso constante da voz, carga horária extensa. Estes são alguns dos desafios enfrentados pelos professores brasileiros, que parecem ser ignorados pelo governo”. A avaliação é do deputado federal Bacelar (PTN/BA), que apresentou três Propostas de Emenda à Constituição (PECs) para garantir direitos à categoria.
Bacelar quer excluir o magistério da reforma para assegurar o regime de aposentadoria especial conquistado pelos docentes. O parlamentar propõe também que seja mantido o acúmulo de aposentadorias e que haja alteração na regra de transição, com o objetivo de preservar, em parte, os critérios diferenciados para a concessão do benefício.
“Precisamos garantir a aposentadoria aos 55 anos de idade e 30 de contribuição para os professores; aos 50 de idade e 30 de contribuição para as professoras; e após 30 anos de contribuição, sem limite de idade para ambos. A proposta do governo é um ataque aos direitos conquistados pelo magistério, porque acaba com as compensações ao exercício dessa atividade extremamente difícil”, criticou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu