Representantes do Sindicato dos Auditores Fiscais Agropecuários estiveram no gabinete do deputado federal Bacelar (Podemos-BA), em Brasília, para pedir apoio na contratação de novos servidores para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. De acordo com o presidente do sindicato, José Luiz Castilhos, o quadro de pessoal do ministério é o mesmo desde 2002, com 2,7 mil servidores na ativa, sendo que 54% já estão em condições de se aposentar. “Viemos pedir socorro porque está cada dia mais complicado. A demanda é grande e a fiscalização fica comprometida. Os auditores estão sobrecarregados e isso coloca em risco a saúde da população”, protestou. Os auditores agropecuários (veterinários, agrônomos, químicos, farmacêuticos e zootecnistas) são responsáveis pelo controle da qualidade, inspeção e fiscalização dos alimentos que chegam à mesa dos brasileiros.

Bacelar se comprometeu a provocar o ministério em defesa da categoria e alertou para o risco que a situação pode representar para a economia do país. “Sabemos que o agronegócio sustenta a economia nacional há anos. É responsável por 23% do PIB, 37% dos empregos diretos e 48% das exportações. Em um momento de crise como este, não podemos perder receitas. Precisamos fazer a economia girar, com a garantia da qualidade dos produtos consumidos e exportados, tarefa do time de auditores, que precisa de reforços urgentemente”.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu