Cerca de 30 funcionários do Hospital Nair Alves de Souza, em Paulo Afonso, estiveram no gabinete do deputado federal Bacelar (Podemos/Ba), esta semana, para pedir ajuda ao parlamentar. O grupo, que há mais de 30 anos trabalha na unidade de saúde, denuncia que está na iminência de ser demitido.

O hospital era comandado pela Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) e foi entregue para gestão do município no dia 1º de janeiro de 2021. No entanto, os motivos da demissão em massa ainda são desconhecidos. Entre os funcionários estão técnicos de enfermagem, enfermeiros e parte do corpo administrativo. “Somos concursados da empresa que é pública. Poderíamos ser realocados, mas fomos surpreendidos com a notícia de que seremos demitidos” disse um dos funcionários que não quis se identificar.

O grupo conta ainda que, entre os colegas, dois estão afastados para fazer tratamento oncológico. “Em tempos de pandemia, pessoas doentes, fazendo tratamento, receberam uma notícia como esta. É desumano”.

Bacelar se solidarizou com a situação dos funcionários e se comprometeu em tomar as providências cabíveis. Para ele, a decisão foi arbitrária e autoritária. “Vou averiguar o que está acontecendo. É um absurdo. Completamente inaceitável. Será uma perda para todos!” Afirmou Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta