O deputado estadual João Carlos Bacelar (PTN) afirmou hoje que a aprovação do indicativo de greve das universidades estaduais é a prova que faltava para mostrar que o governo do PT não coloca a Educação em primeiro lugar. “As universidades estaduais aprovaram indicativo de greve porque se sentem traídas pelo governo do PT. O governo barrou o Projeto de Lei que desvincula as classes ao quadro de vagas para docente. Além disso reclamam da falta de investimentos para as Universidades Estaduais, devido a falta de investimentos.

De acordo com a categoria, eles vão realiza uma série de atividades em defesa da universidade pública, estatal, gratuita e socialmente referenciada. Entre as ações estará uma paralisação de três dias, com portões fechados, com data ainda a ser divulgada, após negociação com as universidades estaduais.

As universidades querem ainda a desvinculação, negado pela Secretaria de Administração (Saeb), após nove meses de discussões e acordo afirmado entre universidades, reitores e Secretaria da Educação. “O projeto de descentralização é uma bandeira de luta dos professores que, se aprovado, diminuiria o déficit no quadro de vagas e permitiria a promoção na carreira dos professores, que aguardam na fila de espera. A promoção é um direito assegurado em lei e prova mais uma vez o descaso com que este governo trata a Educação”, defendeu Bacelar.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta