logo jornadaReformatar significa desenhar de forma diferente e injetar novidades ao que já existe. No final do ano passado, realizamos a pré Jornada Pedagógica quando os participantes passaram a entender que o trabalho nas escolas públicas municipais de Salvador tem como objetivo principal consolidar a alfabetização. A responsabilidade agora, portanto, passa a ser maior. Entre os dias 04 e 06 de fevereiro vai acontecer a Jornada onde será discutido o planejamento para o ano letivo de 2013 e todas as modificações que pretendemos implantar. A começar pela ampliação do turno de 4 horas para 4 horas e meia de aula/dia.

Os professores estão sendo relocados para completar o quadro docente de cada escola a fim de conseguirmos colocar em ação o Sistema Estruturado de Ensino do 1º ao 5º ano, onde meninos e meninas que não estiverem adequadamente alfabetizados ganharão reforço direcionado em turmas menores durante 90 minutos diários. Precisamos colocar nas salas de aula mais 450 professores.

Um dos maiores diferenciais na Jornada Pedagógica desse ano é a capacitação dos professores pelo Instituto Alfa e Beta responsável pela qualificação de educadores em muitos municípios brasileiros. Mais de 3 mil profissionais que lecionam do 1º ao 5º ano serão capacitados nas próprias escolas durante os três dias da Jornada.

Os profissionais da Educação Infantil vão discutir dentre outras vertentes do ensino o espaço, o currículo e o processo de avaliação para incrementar o desempenho de nossos pequenos alunos.

Programamos diversas ações para implementarmos durante o ano com a finalidade de alcançarmos resultados mais rápidos. A exemplo da formação continuada para professores alfabetizadores, avaliações periódicas, realização de curso de formação para candidatos a diretores e vice-diretores, correção das distorções do quadro de pessoal do magistério identificadas no recadastramento 2012 além do dimensionamento e qualificação do quadro técnico administrativo da secretaria e da rede municipal de ensino.

Após iniciadas as aulas acontecerá acompanhamento semanal do desenvolvimento das atividades pelas escolas. A cada quinze dias, a coordenação regional acompanha a evolução dos dados que serão encaminhados à Secretaria para um maior monitoramento. Com isso, direcionamos a busca por um melhor aprendizado, pela qualidade que queremos. Para atingi-la é preciso esforço coletivo: secretaria, coordenadores, professores, pais e alunos. Todos juntos por uma educação pública de qualidade.

Fonte: Política Livre

 

 

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta