Após a comissão que analisa as questões do Exame Nacional do Ensino Médio ( Enem) anunciar, nesta quinta-feira (4), que não vai divulgar o resultado da avaliação por considerar o conteúdo “sigiloso”, o deputado federal Bacelar (Podemos-BA) apresentou um requerimento solicitando a presença do ministro da Educação, Ricardo Vélez, na Câmara, para prestar esclarecimentos sobre o assunto.

“O Enem sempre foi um exame plural, que seguiu critérios técnicos nas elaborações das questões. Essa comissão, criada por Bolsonaro, configura censura. A omissão dos resultados é a prova disso. Por que e para que esconder isso?”, questionou Bacelar.

A notícia da exoneração hoje de mais dois integrantes do alto escalão do MEC não surpreendeu o deputado. Bacelar considera que a permanência do ministro Vélez ficou insustentável. “ Esse é o resultado de um comando completamente despreparado. Já passou da hora de Vélez ser substituído. Temos provas suficientes que ele não tem capacidade de comandar a pasta”, disparou.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu