Nesta terça-feira (16), o deputado federal Bacelar (Podemos-BA) fez duras críticas à nomeação do delegado da Polícia Federal Elmer Coelho Vicenzi para presidir o Inep, órgão do Ministério da Educação responsável pela organização do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Pelo visto, esse novo ministro da Educação é pior que o anterior. Onde já se viu nomear um delegado para questões educacionais? É, de fato, caso de polícia. Um absurdo o que estamos passando”, protestou.

Na Comissão de Educação da Câmara, Bacelar cobrou do ministro Abram Weintraub esclarecimentos à sociedade sobre as escolhas para a composição do MEC. “ O ministro está montando uma equipe com pessoas distantes dos temas educacionais, assim como ele, com perfil de gestão, para os principais postos de secretários e auxiliares. Quero só ver no que isso vai dar. A educação está afundando há 100 dias no governo Bolsonaro”.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu