O deputado federal Bacelar (Podemos-BA) ocupou a tribuna da Câmara, nesta terça-feira(12), para lembrar os quatro anos de implantação do Plano Nacional de Educação  (PNE). Segundo ele, não existem motivos para comemoração, porque as metas para o setor não foram cumpridas. ” Das 20 metas previstas, cumprimos apenas uma e seis andam lentamente, o que é muito pouco. Passados quatro anos, só temos o que lamentar”, protestou.

Bacelar acusou o governo Temer de ter agravado o quadro de precariedade no ensino público. “Temos 900 mil jovens fora da escola, e o presidente mais rejeitado da história não faz nada. A educação serve de pauta simpática ao eleitor, no discurso vazio dos políticos durante a campanha, mas depois as ações não são efetivadas. Como estamos em ano eleitoral, precisamos exigir do futuro presidente o compromisso com a execução plena do PNE”.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu