A decisão do prefeito ACM Neto  ( DEM) de vetar o nome de Mestre Didi – escritor, artista plástico e sacerdote – para um viaduto na Avenida Orlando Gomes, causou indignação ao deputado federal Bacelar ( Podemos). O parlamentar lembra que a proposta da homenagem ao fundador do terreiro Ilé Asipá foi acertadamente aprovada pela Câmara Municipal de Salvador.

 ” Fiquei surpreso e inconformado com a notícia desse ato inadmissível. O prefeito desrespeita o povo negro. O argumento de que o nome de Mestre Didi já consta em uma rua parece piada. Se assim fosse, o nome de um líder político deveria ser retirado de uma série de obras na cidade. Ele deveria valorizar a cultura de matriz africana “, disparou.

Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




Deixe uma resposta

Fechar Menu