Universal - 2

O presidente do PTN Negritude, o ogã do Terreiro do Cobre Tom Alcântara, esteve na sede do Ministério Público Federal, em Salvador, ontem (23), junto com representantes de entidades do povo de santo, para denunciar a Igreja Universal do Reino de Deus por declarações na internet do grupo da igreja denominado “Gladiadores do Altar” , com ofensas às religiões de matriz africana. O dirigente partidário disse que as entidades não vão reagir às agressões, mas querem a proteção do poder público. 

“ O povo de santo não vai revidar os ataques, com base nos seus próprios dogmas de respeito à vida, à paz e à fraternidade, mas não abriremos mão do efetivo cumprimento da Constituição, que garante a liberdade religiosa”, afirmou Tom.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta