O acesso dos jovens ao ensino superior, através do Exame Nacional do Ensino Médio, tem preocupado o deputado Bacelar (Podemos/BA). O parlamentar baiano declarou, durante a sessão desta quarta-feira (14), que o governo de Jair Bolsonaro “beira a irresponsabilidade” no trato com a educação e que o despreparo do ministro Abraham Weintraub para comandar a pasta tem colocado em risco a realização do Enem. “O exame já tem mais de cinco milhões de inscritos, que estão sem rumo e o senhor ministro não se mostra nem um pouco preocupado. A Diretoria de Avaliação da Educação Básica, por exemplo, está sem comando desde maio e já trocou quatro vezes até então” disparou.

Bacelar lembra que a educação é a única porta para superar as desigualdades existentes no país e que o cargo, considerado um dos mais importantes do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), ficou mais tempo vago do que ocupado sob o governo Jair Bolsonaro. Foram 140 dias vagos, contra 81 ocupados. “Como deixar acéfalo um órgão responsável por aplicar a prova a mais de cinco milhões de pessoas? Tenha mais respeito, senhor presidente!” exigiu.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TALVEZ VOCÊ GOSTE TAMBÉM

Deixe uma resposta

Fechar Menu