Banner_site (1)

A regra não vale para os prefeitos eleitos pela primeira vez em 2012 nem para os governadores eleitos pela primeira vez em 2014. Os políticos que estiverem nessa situação poderão disputar a reeleição em 2016 e 2018, respectivamente. A partir daí, acaba a reeleição. A Presidência ficou fora da exceção dos eleitos com a possibilidade de reeleição. Como Dilma está no seu segundo mandato, o próximo presidente ficará no cargo apenas quatro anos e não poderá ser reeleito. Somente em 2022, o presidente terá mandato de cinco anos. Estados em que os atuais governadores estão em segundo mandato terão governadores de quatro anos a partir de 2018, que não poderão ser reeleitos.

Compartilhe com amigos
Receba as atualizações do Deputado 
direto em seu email




    Deixe uma resposta